fbpx

Big Data e I.A. no gerenciamento de riscos em seguros

Big Data e I.A. no gerenciamento de riscos em seguros

02/04/2021 Corretora de Seguros Inteligência Artificial 0

A facilidade com que conseguimos coletar, armazenar e compartilhar dados hoje é inegável. Com a pulverização da informação e centrais de big data em diversos canais, é imprescindível que haja um cuidado redobrado quando falamos de dados pessoais. A LGPD (Lei Geral de Proteção aos Dados), inclusive, se tornou parte da nossa rotina desde o ano passado justamente para garantir que condutas adequadas sejam tomadas.

Para um simples login em algum site da internet ou a compra de um produto via aplicativo os dados do usuário são o que a rede tem de mais valioso, e no mercado de seguros não seria diferente, afinal, a análise de risco está diretamente ligada ao que sabemos do consumidor.

Diante do cenário crescente gradativo do uso do big data nos últimos anos e da frequência cada vez mais alta em que dados são solicitados para simples ações na internet, acredita-se que será possível cruzar várias bases de dados para, a partir daí, utilizar estas informações com mais estratégia, apresentando riscos e também oportunidades relacionadas a um indivíduo.

É neste contexto que poderemos contar com a inteligência artificial, uma vez que não necessariamente esses dados estarão armazenados de forma estruturada para facilitar a sua interpretação. Dados armazenados de forma não estruturada como, por exemplo, em e-mails, blocos de anotações aleatórias, textos de sinistros, etc., poderão ser analisados por machine e deep learning, subdivisões da inteligência artificial preparadas para estes desafios.  

Quando falamos de gerenciamento de riscos no mercado de seguros, entendemos que as corretoras se beneficiarão, e muito, destas medidas para antecipar fraudes e problemas já conhecidos neste segmento. Porém, devemos também analisar o lado de que será necessário haver equipes preparadas para tratar de exceções, principalmente na transição do processo atual para a gestão através do big data.

Benefícios do big data no gerenciamento de risco de seguros

A junção de inteligência artificial e big data tende a trazer benefícios para todos os envolvidos no processo: seguradora, corretora e clientes. Isso porque robôs podem avaliar as informações e aprovar ou reprovar as demandas do cliente, deixando somente os casos especiais e complexos para análise humana.

– Possibilidade de praticar preços menores para clientes mais justos e cuidadosos, seja com sua casa ou carro, por exemplo;

– Maior produtividade da equipe uma vez que estes estarão dedicados em resolver casos especiais e pontuais;

– Melhor detalhamento de riscos e muito mais.

A partir disso, entende-se que a inteligência artificial e o big data são tecnologias ideais para otimizar atividades organizacionais de uma corretora de seguros. Utilizando-as a empresa tem a oportunidade de controlar melhor seus riscos ao mesmo tempo em que possibilita uma maior sustentabilidade do negócio. 

Gostou deste artigo? Confira outros assuntos que abordamos clicando aqui

Aproveite também para conhecer as soluções Ezok Bot e Ezok Mail, onde podemos auxiliar no seu atendimento e também na produtividade da sua corretora.