fbpx

7 Tendências em inovação no mercado de seguros

7 Tendências em inovação no mercado de seguros

28/02/2021 Conteúdos Corretora de Seguros 0

As projeções do mercado têm se mostrado muito positivas para o mercado de seguros em 2021. Impulsionado por mudanças de regulamentos, open insurance e outras iniciativas de startups do segmento, é possível identificarmos, através de um panorama geral, o surgimento de grandes oportunidades de crescimento no mercado de seguros.

Nesse contexto, confira a seguir algumas tendências que estão contribuindo para este processo de inovação e prometem alavancar o cenário neste ano.

1. Transformação digital

De certo modo, um dos grandes aprendizados que pudemos absorver devido ao cenário da pandemia, foi entender que a conectividade e as soluções digitais estarão cada vez mais presentes no nosso dia a dia, seja para o trabalho ou para vida pessoal.

Nos negócios, as corretoras e seguradoras que negligenciarem este fato, infelizmente ficarão para trás. Vale avaliar o seu negócio de fora e buscar direcionar o seu foco para dois grandes pilares: 1) Melhor experiência e entrega de valor para o cliente; 2) Otimização de custos e produtividade da equipe.

Pensando nisso, é muito importante que os gestores busquem soluções que possam agregar na rotina da corretora de seguros para que estes dois pilares possam ser alavancados através da tecnologia de forma simples, rápida e com qualidade. Se você está pensando por onde começar, usar um sistema de gestão e multicálculo, por exemplo, pode ser um bom ponto de partida.

2. Big data e análise de dados

Ainda falando em digitalização, muitas ferramentas vêm para nos ajudar com alguns desafios e, com isso, algumas outras atividades ficam mais complexas de serem gerenciadas humanamente. Um grande exemplo disso são os dados, como você os armazena e utiliza estrategicamente. Ter dados hoje nem sempre é mais um diferencial, a parte útil está em saber analisar esses dados para extrair as informações corretas.

3. Parcerias e terceirização de serviços

Terceirização ou outsourcing, é algo que pode liberar tempo e trazer agilidade para a sua corretora de seguros, pois alguns trabalhos simplesmente não compensam ser realizados dentro de casa por uma equipe própria. Claro que, para esta tomada de decisão, se faz necessária uma análise estratégica de cada negócio, mas aqui vão alguns exemplos de serviços que você pode terceirizar na sua corretora: gestão financeira e contábil, departamento pessoal, publicidade, assessoria jurídica, serviços de TI, entre outros.

4. Inteligência artificial

Já é fato que os dados são uma poderosa ferramenta para as decisões estratégicas de qualquer empresa, e no mercado de seguros não seria diferente. Com uma boa base de dados nascem possibilidades incríveis para otimizar o seu atendimento ao cliente e outras atividades internas com qualidade e eficiência em duas frentes principais:

– Chatbots: tecnologia importante para trazer agilidade focada no atendimento ao cliente interno e externo. Os comandos, linguagem e direcionamentos que o chatbot da sua empresa terá, são peça-chave para que o seu negócio alcance os números objetivados. A boa notícia é que esta tecnologia permite grandes níveis de personalização, desde avatar até criação de fluxos de conversas personalizados. Tudo isso podendo ser aplicado em seu site ou via WhatsApp. Conheça o Ezok Bot clicando aqui.

– O uso de I.A. para ganhar produtividade: ferramentas como o Ezok Mail podem otimizar o trabalho dos corretores e analistas que precisam ficar monitorando os emails recebidos das seguradoras. A plataforma atua como um robô para corretoras de seguros que pode ler quase que instantaneamente diversos emails e gerar um relatório mostrando o que precisa de atenção e outras informações obtidas dessa análise. Auxiliando a corretora a evitar situações inconvenientes ou situações jurídicas com seus clientes.

5. Contratação de seguros online

Estar atento às tendências é tão importante quanto agir frente às oportunidades do mercado e, neste contexto, um grande exemplo é a contratação de seguros online; algo que toda corretora e seguradora devem estar atentas. A pandemia acelerou um pouco este movimento, mas ainda há espaço.

6. Insurtechs

Precisamos concordar que muitas pessoas acabam deixando de contratar seguros devido a burocracia que esta operação acaba trazendo consigo. E isso é ruim tanto para elas como para o mercado, que deixa de crescer e beneficiar a economia em geral.

Foi pensando neste processo de transformação digital e com o objetivo de revolucionar este mercado, assim como várias outras empresas revolucionaram outros segmentos (Uber e Airbnb, por exemplo) que nascem as Insurtechs. Isso porque essas startups do mercado de seguros usam o melhor da tecnologia para permitir que qualquer pessoa contrate um seguro pela internet, de forma simples, rápida e segura.

7. Internet das Coisa (IoT)

O monitoramento das atividades através da IoT trará mais dados e permitirá a personalização aprimorada dos seguros, beneficiando as pessoas e empresas que realizam ações para mitigar riscos. Entretanto este movimento ainda precisa ganhar escalabilidade, o que já é previsto para os próximos anos.

A chegada da Internet das Coisas (IoT) em maior proporção, deverá causar grande impacto, por exemplo, no mercado de seguros residenciais, principalmente aqueles ligados ao conceito de smart home – casas inteligentes. Já existem nos Estados Unidos, por exemplo, dispositivos para serem instalados nas casas, capazes de monitorar 24 horas por dia dados como temperatura, umidade, velocidade do vento e vibrações mecânicas, condições que podem ter reflexos na segurança de um imóvel e no aumento da sinistralidade do setor.

Gostou deste artigo? Confira outros assuntos que abordamos clicando aqui.

Aproveite também para conhecer as soluções da Ezok Bot e Ezok Mail, onde podemos auxiliar no seu atendimento e também na produtividade da sua corretora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.